A produção de madeira que preserva a matéria-prima para gerações futuras!

Manejo Florestal Sustentável é a técnica mais eficiente de administração das florestas, um sistema capaz de gerar benefícios ambientais, econômicos e sociais. Feito somente com matéria-prima legal, considera, em primeiro lugar, a sustentação do próprio ecossistema para criar um maior equilíbrio entre a natureza, a matéria-prima e as comunidades. 

Brasil se torna primeiro no mundo em extensão de áreas úmidas


MEIO AMBIENTE

Brasil se torna primeiro no mundo em extensão de áreas úmidas

Unidade de conservação

Novas regiões são reconhecidas como sítios Ramsar, título conferido pela proteção e a sustentabilidade de habitats aquáticos

Publicado: 21/03/2018 11h46
Última modificação: 21/03/2018 12h10                                                                                                                                                                                                  Arquivo/ ICMBio



 

A Convenção de Ramsar reconheceu, nessa terça-feira (20), três novas áreas úmidas brasileiras como sítios de proteção e sustentabilidade. A ação trouxe destaque ao Brasil como primeiro lugar no mundo com a maior extensão de habitats aquáticos.

A novidade foi divulgada no Fórum Mundial de Água, que ocorre em Brasília até a próxima sexta-feira (23). O título internacional contribui para que essas regiões conquistem novas parcerias, acordos de cooperação, apoio às pesquisas e obtenção de financiamento de projetos de preservação e conservação ambientais. 

Os três novos sítios Ramsar anunciados se unem aos 22 já existentes. São eles: o mosaico de UCs federais, estaduais e municipais do Rio Negro, no Amazonas; os manguezais da Foz do Amazonas; e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

Clique aqui para conhecer as unidades de conservação já participantes da lista de proteção das áreas úmidas.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente
http://www.brasil.gov.br/meio-ambiente/2018/03/brasil-se-torna-primeiro-no-mundo-em-extensao-de-areas-umidas